Sentir ou Sentirem

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
“… revelando a necessidade dos docentes de se sentir melhor preparado…”
Eu desconfio que o correto é:
…revelando a necessidade dos docentes de se sentirem melhor preparados…
ou, no mínimo:
…revelando a necessidade dos docentes de se sentir preparados…
Olá:
Você está desconfiando corretamente !
O mais correto será falar ou escrever …
…revelando a necessidade dos docentes de se sentir mais bem preparados…
MAIS BEM  é mais certo que MELHOR.
(eles) vão sentir … ou (eles) vão sentirem ???
… (eles) vão sentir !
Espero ter ajudado

Por que, porque, por quê e porquê

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

sempre fico em dúvida quando devo usar por que, porque, por quê e porquê.

Obrigado pela consulta.

POR QUE
Quando você fizer uma pergunta use por que “separado”.
EX: Por que você trabalha em três empregos?

PORQUE
Quando você responder a uma pergunta use porque “junto”.
EX: Eu tenho três empregos porque preciso pagar minhas contas.

POR QUÊ
Quando você faz uma pergunta com o por quê no final da frase
EX: Afinal de contas, você tem três empregos por quê?
PORQUÊ
Quando você usar como um substantivo.
EX: Você sabe bem o porquê de tanto empenho no seu trabalho.

Leia mais dicas como esta em
https://www.facebook.com/portalconcursopublico
Espero ter ajudado

Aonde ou Onde?

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Aonde ou Onde?

Qual a diferença entre aonde e onde ?

Obrigado pela consulta

Onde: Indica lugar em que algo ou alguém está, deve ser utilizado somente para substituir vocábulo que expressa a ideia de lugar.

Aonde: Expressa a ideia de destino, movimento. Indica também lugar em que algo ou alguém está, porém quando o verbo que se relacionar com “onde” exigir a preposição “a”, deve-se agregar esta preposição, formando assim, o vocábulo “aonde”.

Para saber a diferença, numa frase duvidosa troque AONDE por PARA ONDE.
Se fizer sentido o certo é AONDE, caso contrário use ONDE.

Na frase : Moço, (ONDE OU AONDE) vai este ônibus?
Troque : Moço, PARA ONDE vai este ônibus? … faz sentido, certo?
Então o correto é dizer …
Moço, AONDE vai este ônibus?
Na frase : Moço, (ONDE OU AONDE) fica Pariquera-Açu?
Troque : Moço, PARA ONDE fica Pariquera-Açu? … não faz sentido, certo?
Então o correto é dizer …
Moço, ONDE fica Pariquera_açu?

Para saber mais leia
http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/aonde-ou-onde-como-usar

Espero ter ajudado

Meia-noite ou 24 horas

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Se eu falar, a padaria fecha as 24 horas está certo?

Não está certo, porque pode causar dúvida entre estar fechada após o minuto seguinte a 23h59 min ou estar SEMPRE ABERTA como o BANCO 24 HORAS.

Para clareza, escreva ou fale:
A padaria fecha à meia-noite.

Para saber mais veja
http://www.gazetaonline.com.br/_conteudo/2014/06/noticias/cidades/1490032-serra-quer-lei-para-fechar-bar-a-meia-noite-o-projeto-de-lei-ja-esta-na-camara.html

Espero ter ajudado

Nessa ou nesta, Nesse ou Neste

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao dizer: “No primeiro dia de aula, meu único desejo é que ele seja tão feliz quanto eu fui nesta instituição única”

O emprego do “nesta” está correto ou o “nessa” cairia melhor na nossa língua? Qual a diferença no emprego?

Nesta está “perto” … nessa está “longe”.

Se discurso está sendo DENTRO na escola … é NESTA?
Se discurso está sendo FORA na escola … é NESSA?

Nesta está no “presente” … nessa está no “passado”.

Se discurso refere-se ao presente, é atual, … é NESTA?
Se discurso refere-se ao passado, é recordativo, … é NESSA?
Leia mais em
http://www.falandocerto.com.br/wordpress/esse-ou-este/

Espero ter ajudado

Um conjunto explica ou explicam?

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Professor
Bom dia

Encontrei em um texto técnico duas expressões similares na concordância, da qual tenho dúvida:

1º: “um conjunto de fatores que explicam”
2º; ‘um conjunto de fatores que vem sendo acompanhados”

Estão corretos? Caso contrário como seria e o porquê?

Olá Antônio:
Obrigado pela consulta:

UN CONJUNTO é singular … PORÉM exprime “VÁRIAS COISAS” que é plural.
E aqui que a qestão fica complicada.

Em Português correto você deveria ter lido:
1º: “um conjunto de fatores que explica”
2º; ‘um conjunto de fatores que vem sendo acompanhado”

PORÈM … “FATORES” está  plural .. e “os fatores explicam” !!!

Para não incorrer em confusão opte assim

1º: “um conjunto de fatores que explica”
2º; ‘um conjunto de fatores que vem sendo acompanhado”
OU

1º: “vários fatores que explicam”
2º; ‘vários fatores que vem sendo acompanhados”
Espero ter ajudado

No entanto ou e, no entanto ?

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Exemplo: Estava muito preocupado. E, no entanto, não perdera a serenidade. Ou: Estava muito preocupado. No entanto, não perdera a serenidade.

 

Pesquisando sua questão achei:

http://escreverbem.com.br/no-entanto-nao-e-igual-a-tanto/

http://www.dicio.com.br/no_entanto/

http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/9754/9754_6.PDF

http://www.cirac.org/Principe/Ch24-pt.htm

Neste aqui, veja o trecho
E era verdade. Eu sempre amei o deserto … E, no entanto, no silêncio, alguma coisa irradia.

 

… No seu caso …

“Estava muito preocupado. No entanto, não perdera a serenidade.”  OU
“Estava muito preocupado. E, no entanto, não perdera a serenidade.”

Entendo que você,  em ambas as fases,  diz que se preocupou sem perder a serenidade.

A frase com “E“, na oratória, é mais eloquente, mais enfática.

Espero ter ajudado

É para ou são para ?

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Qual a forma correta na pergunta abaixo:
· O bolo é para quantas pessoas?
Ou
· O bolo são para quantas pessoas?

Basta perguntar QUANTOS bolos você oferece!

Se for apenas UM BOLO, pergunte
· O bolo é para quantas pessoas?

Se forem dois ou mais bolos pergunte
· Os bolos são para quantas pessoas?

Espero ter adjudado

Fazer ou Fazerem ?

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

mandou fazerem ou mandou fazer?

Tenho ouvido em alguns serviços informativos da TV a utilização incorreta (acho eu) de alguns verbos. Qual a frase correcta: “O professor mandou os alunos fazerem uma cópia” ou “O professor mandou os alunos fazer uma cópia”? Obrigada.
Susana Seixas (Portugal)

A dúvida diz respeito ao uso do infinitivo pessoal ou flexionado (fazerem) ou do infinitivo impessoal (fazer).

Quando o sujeito da oração principal (O professor) é diferente do sujeito da oração infinitiva (os alunos), a tendência é usar o infinitivo pessoal, pelo que a frase mais consensual será O professor mandou os alunos fazerem uma cópia. Note-se que não se fala marcadamente de regras relativamente a este tópico porque se trata de uma questão mais do campo da estilística do que do campo da gramática, tal como afirmam Celso Cunha e Lindley Cintra na sua Nova Gramática do Português Contemporâneo (14.ª ed., Edições Sá da Costa, Lisboa, 1998, p. 482):

«O emprego das formas flexionada e não flexionada do infinitivo é uma das questões mais controvertidas da sintaxe portuguesa. Numerosas têm sido as regras propostas pelos gramáticos para orientar com precisão o uso selectivo das duas formas. Quase todas, porém, submetidas a um exame mais acurado, revelaram-se insuficientes ou irreais. Em verdade, os escritores das diversas fases da língua portuguesa nunca se pautaram, no caso, por exclusivas razões de ordem gramatical, mas viram-se sempre, no acto da escolha, influenciáveis por ponderáveis motivos de ordem estilística, tais como o ritmo da frase, a ênfase do enunciado, a clareza da expressão. Por tudo isso, parece-nos mais acertado falar não de regras, mas de tendências que se observam no emprego de uma e de outra forma do infinitivo.»

Sobre este assunto, pode ainda consultar a resposta à dúvida linguística infinitivo flexionado e pretérito mais-que-perfeito

Cláudia Pinto, 16/09/2015

Fonte:
http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/5895.aspx